sexta-feira, 29 de junho de 2012

Como fazer a papinha do bebê

A pediatra do meu bebê liberou os suquinhos quando ele estava com 5 meses. Começamos com o suco de laranja lima no intervalo entre as mamadas da manhã, mas o Bernardo não aceitava de jeito nenhum e cuspia tudinho! veja o meu relato aqui. Isso é uma coisa que devemos ter em mente quando passamos da amamentação exclusiva para os sucos e papinhas: nosso bebê passou a vidinha dele toda tomando só leitinho e de repente passa a ter vários outros sabores na sua boquinha... Não é mole não! ;)
Hoje, o Bernardo está com 6 meses e meio. Passamos por muitas dificuldades com os alimentos, mas a cada dia fica melhor. 
Há uma semana ele está jantando. A pediatra indicou que a janta fosse a mesma comidinha do almoço. Então, preparo o almoço dobrado e guardo a metade num potinho de vidro na geladeira para ele comer à noite. Às vezes ainda é dificil fazê-lo comer tudinho... Mas, aos pouquinhos, com muita paciência e amor, vai. Uma coisa que aprendi é que não devemos forçar o bebê a comer. A situação só piora...
Abaixo, veja como eu faço a papinha salgada:

Como fazer a papinha do bebê

Coloque em uma panela: 1/4 de uma cebola pequena picadinha e meio dente de alho (depois você vai tirar o alho, pois é só para dar um gostinho)
Refogue os temperos em um fiozinho de azeite de oliva (é um óleo saudável)
Junte a carne picadinha (cerca de 50g de músculo ou peito de frango) e refogue.
Adicione 300ml de água filtrada e deixe cozinhar um pouco (20min.).
Retire o alho (caso seja a primeira semana de papinha, retire também a carne).
Coloque o restante dos ingredientes de acordo com os grupos alimentares: um carboidrato, um legume e uma verdura, pois a proteína (carne) já foi colocada.
Deixe cozinhar até que tudo fique bem molinho e passe por uma peneira (não use o liquidificador para não atrapalhar a mastigação do seu filho). A papinha deve ficar com uma consistência semelhante ao pirão.
Tempere com uma pitadinha de sal ( o sal é dispensável) e um fiozinho de azeite de oliva.


DICAS:

Grupos Alimentares:
   1) Alimentos construtores (proteínas):  carne de boi, de frango ou peixe. As leguminosas (ervilha, lentilha ou grão-de-bico) entram nesse grupo, e podem ser incluídas nas receitas, junto com uma das carnes, mais tarde, quando o pediatra liberar. 
      2) Alimentos energéticos (carboidratos): arroz, batata, mandioquinha, cará, batata-doce, mandioca, macarrão, aveia, fubá.
      3) Alimentos reguladores (legumes e verduras - utilize um legume e uma verdura):  agrião, alface, almeirão, abóbora, brócolis, beterraba, cenoura, espinafre, couve, escarola, repolho, chuchu, abobrinha, vagem, couve-flor, mostarda, repolho.

  • Confira a temperatura, colocando um pouquinho da papinha no seu pulso.
  • Introduza a primeira papinha no horário entre 11 e 12 horas e tente manter a rotina. Inicie com uma colher de sopa no primeiro dia e vá aumentado gradativamente. Quando o bebê estiver aceitando bem,dê o quanto ele quiser e em seguida uma fruta fresca como sobremesa (banana, mamão, pêra ou maçã). Não dê líquidos após as refeições, pois isso prejudica a digestão, com exceção do leite nas primeiras duas semanas.
  • Após 15 dias de introdução de alimentos sólidos, quando seu bebê já estiver comendo melhor, pare de dar o leite após a comida, pois ele atrapalha a absorção de ferro. Nesse período, passe a não retirar a carne da papinha, mas passe-a por um processador e misture ao resto da papinha que foi passada pela peneira.
  • Ovos, feijão e peixe só devem ser oferecidos ao bebê com a orientação de um pediatra.
  • Para higienizar os legumes e as frutas, você pode usar 1 colher de sopa de água sanitária (tenha certeza de que na embalagem não tenha nada escrito sobre não poder ser utilizada na higienização de alimentos) para cada 1 litro de água. Deixe as frutas e os legumes submersos por 10min. e lave-os em água corrente.
  • Higienize bem as suas mãos e os utensílios antes de preparar a papinha (eu preferi comprar uma panelinha e uma colher de pau somente para usar na papinha do Bê).
  • Dê preferência a panelas de ferro ou vidro que não soltam substâncias prejudiciais à saúde ao serem aquecidas.
  • O esquema de introdução de alimentos fica assim: Primeira semana - suco de laranja lima / Depois de uma semana oferecendo suco, ofereça frutinhas raspadas ou amassadas (maçã, pera, banana ou mamão) e outros sucos / Duas semanas depois de estar dando fruta, inicie o almoço (por volta das 11-12h) / Após duas semanas de almoço, inicie o jantar (por volta das 18-18:30h). Essa foi a orientação da pediatra do Bê.
  • Após introduzir as papas salgadas à alimentação do seu filho, passe a oferecer água (filtrada e fervida ou água mineral).



3 comentários: